3 Armadilhas que todo YouTuber deveria evitar

mentira

1.”Se inscreve no meu que eu me inscrevo no seu”

Você já deve ter ouvido essa frase em algum lugar, não é? Quando você está começando um canal no YouTube bate aquela ansiedade, você se pergunta o tempo todo “será que as pessoas vão gostar?”,”cadê os inscritos?!”. Nesse momento aparece um fulano/a e comenta no seu vídeo dizendo: “oi, legal o seu canal, me inscrevi, se inscreve no meu também? Vamos trocar inscritos”. Em um primeiro momento você pode até achar que essa pessoa quer te ajudar, mas em muitos casos essa pessoa quer apenas números, as chances de ela ter se identificado ou até mesmo assistido seu vídeo até o final são pequenas. Ou seja, troca de inscritos não é um bom atalho para crescimento.

 

 

giphy

 2. Você já tentou enxugar um gelo?

É uma atitude inútil, não acha? Boa parte dos grupos de “divulgação” do facebook e Google+ são repletos de produtores que querem divulgar seus conteúdos, mas não se interessam em conhecer o conteúdo do outro, então “divulgar” em grupos como esses é um grande perda de tempo.

 

 

dishonest

“Quando ser desonesto já ajudou a mim, ou a qualquer outra pessoa?”

 3. Furando a fila

Imagine que você está a 1 semana acampando na fila de um show, existem algumas pessoas a sua frente, mas você ainda tem esperança de garantir um bom lugar. Meia hora antes do portão abrir você nota que um carinha furou a fila, conseguindo ser o terceiro a entrar no show. Como você se sentiria?

Quando somos YouTubers iniciantes muitos atalhos aparecem para que “saiamos na frente da concorrência”, um desses atalhos desonestos é o uso de “Bot”, uma alteração nos códigos do YouTube ou Plugin malicioso instalado em seu browser que cria números falsos de inscritos e visualizações.

Algumas pessoas usam deste artifício para chamar a atenção de “inscritos de verdade” passando uma falsa credibilidade, porém muitos esquecem que o YouTube possui um sistema bem desenvolvido e também possui um contrato, o qual a pessoa assinou ao criar e monetizar o canal, e a probabilidade de um canal com bot ser excluído sem aviso prévio é altíssima.

Além disso, o produtor pode ficar com a reputação manchada pois ao invés de confiar em seu conteúdo e construir uma fandom estruturada e engajada, preferiu trapacear.

É galerinha, no fim da história o carinha que furou a fila foi expulso 20 minutos depois do show, pois alguém descobriu que até o ingresso que ele usava era falso. E aí, quem você prefere ser?

 

 


PS.: No mundo da internet o conteúdo é rei, então se você se dedicar, pesquisar e usar sua criatividade pra criar algo útil e objetivo, e, é claro, divulgar da maneira correta, o seu canal irá ter sucesso. Nada melhor do que ver nossos projetos tomando forma, crescendo e dando resultados positivos, com honestidade e integridade.

 

*Existem várias formas de fazer seu número de inscritos crescer bem rápido de maneira honesta, através da compra de inscritos. Bem parecida com a compra de seguidores no Twitter e no Instagram, a vantagem da compra é que o número pode ser um chamativo para novos inscritos, a desvantagem é que são apenas números  e , como eu disse no post anterior, o legal é construir um grupo de pessoas que te acompanha, admira seu conteúdo e no futuro colabora com você.